Governo começa a desenvolver modelo de tributação para serviços "On Demand"

De acordo com o site Folha de S. Paulo o governo já orientou a ANCINE e a ANATEL para desenvolver em até 4 meses um modelo de tributação e notificação para as empresas que oferecem serviços de videos on demand, entre elas a Netflix.

Segundo o ministro, 25% do preço de um pacote de TV por assinatura, por exemplo, corresponde a impostos.

"Olhando isoladamente, o modelo de negócios é uma belezura. Mas quem está aqui instalado pergunta: por que eu pago imposto e ele não?", questionou Bernardo.

O ministro indicou ainda que também será avaliada a exigência de conteúdo nacional, hoje feita às empresas de TV por assinatura. Google, Apple e Netflix, segundo ele, oferecem serviços similares.

Leia a reportagem completa no site da Folha de S.Paulo clicando aqui

4 comentários:

  1. Porque esses malditos não diminuem os impostos da TV por assinatura ao invés de aumentar do Netflix?

    ResponderExcluir
  2. UM ROUBO! Não me importaria em pagar impostos se eles fosse devolvidos de uma forma decente para nós brasileiros, mas infelizmente não é isso que ocorre!

    CADÊ O MAIS DE 1 BILHÃO DE IMPOSTO ARRECADADO NESSES 6 MESES? Ah sim, está nos bolsos e nos gastos ABUSIVOS dos nossos representantes!

    ResponderExcluir
  3. Quem está aqui instalado = Net

    ResponderExcluir
  4. Depois, reclamam da pirataria! Muitos amigos meus perderam o interesse em torrent quando conheceram Netflix. Agora vai voltar todo novamente.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...